Depois da Primavera

Documentário, 80'.

Direção: Isabel Joffily e Pedro Rossi.

 

Adel Bakkour, 23, e Hadi Bakkour, 21, são irmãos. Nascidos em Aleppo, na Síria, estão há três anos na condição de refugiados na cidade do Rio de Janeiro. Eles vivem uma fase na qual está latente o choque de duas culturas distintas. Estão num lugar crítico, que evidencia a fricção de modos diversos de se viver e perceber o mundo. O pai, Abdo Bakkour (80), chegará ao Brasil em breve. Ele não vê os filhos desde que partiram do seu país natal. Através do olhar e das expectativas de Abdo, o filme vai se deter no especial momento do processo de aculturação pelo qual Adel e Hadi passam, onde é possível sentir profundas mudanças e conflitos.

 

 

Na Pele

Série de ficção de 10 episódios de 32'.

Direção: José Joffily.

A rotina de uma família da classe média com acesso às garantias de uma vida segura e confortável pode ruir de uma hora para outra. Ter um apartamento próprio e um plano de saúde para suprir as deficiências da Saúde Pública não garante conforto ou estabilidade. As vicissitudes e incertezas da vida se chocam com a realidade e nos fazem contradizer nossas convicções. “Até onde vai o seu escrúpulo?” é uma das questões que o destino pode nos formular.

Gerchman Atemporal

Série de 04 episódios de 52'.

Direção: Bernardo Pinheiro e Pedro Rossi.

 

Gerchman - Atemporal é uma série documental sobre a vida pessoal e profissional de Rubens Gerchman. Estruturada a partir da cronologia da sua atuação como artista, cada um dos quatros episódios dará conta de um momento específico de sua carreira: do início da atividade como impressor e diagramador até a fase dos "beijos" (ícones de sua obra), passando também pela sua importante militância na educação, cujo ápice foi a criação da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

 

Daniel Senise -

Nem Tudo Tem que Ser Sobre Alguma Coisa

Documentário, 80'.

Direção: Bernardo Pinheiro e Pedro Rossi.

 

Projeto de longa-metragem realizado em colaboração entre o artista Daniel Senise, o crítico e professor Agnaldo Farias e os diretores Bernardo Pinheiro e Pedro Rossi. Nossa proposta é realizar um filme no qual Senise seja tema, autor, ator e realizador. Nossa investigação pretende encontrar a fonte que permite ao artista acessar sua intuição criativa, capaz de transformar o espaço-tempo da nossa percepção. Pretendemos promover encontros entre Senise e personalidades que foram marcantes em seu desenvolvimento artístico, além de documentar seu processo de produção.