Coevos Filmes

A Produtora

Fundada em 1981, a Coevos é uma produtora em constante atividade. Atua nos segmentos de cinema, TV e VOD. 

 

No primeiro semestre de 2022, a empresa lança os documentários: Sinfonia de Um Homem Comum, Rubens Gerchman: O Rei do Mau Gosto e

7 Cortes de Cabelo no Congo.  

Coevos Filmes

Diretores

FOTO BEL 2021 PB 2000PX.jpg
Isabel Joffily

Diretora

isabel@coevos.com.br

Isabel Joffily graduou-se em Ciências Sociais na UFRJ e, em 2015, formou-se no Mestrado de Artes Visuais da UERJ. Como diretora, realizou o curta documentário “Retrato de Carmem D.” (22’, 2015), que participou em mais de 15 festivais nacionais e internacionais, como Visions du Réel, Janela Internacional do Cinema de Recife e É Tudo Verdade. Produziu os documentários "Soldado Estrangeiro" (2019), "Caminho de Volta" (2015), ambos de José Joffily e Pedro Rossi, e "Prova de Artista" (2011), de José Joffily. Em 2021, finalizou o seu primeiro longa documentário como diretora, "Depois da Primavera" (76’), realizado em parceria com Pedro Rossi. O filme estreou no Brasil na competitiva de longas do Panorama Internacional Coisa de Cinema e foi exibido na Première Brasil do Festival do Rio. A estreia internacional aconteceu no festival Rencontres de Toulouse, na França. Assina a produção do longa Sinfonia de Um Homem Comum (86’, 2022), que recebeu os prêmios Menção Honrosa e Melhor Montagem no festival É Tudo Verdade e foi selecionado para o festival Hot Docs; a produção e o roteiro de “Rubens Gerchman: O Rei do Mau Gosto” (70’, 2022), selecionado para o festival É Tudo Verdade; e a produção e o roteiro de “7 Cortes de Cabelo no Congo” (90’, 2022), que terá sua estreia no festival Olhar de Cinema

IMG_9874_pb.jpg
José Joffily

Diretor

joffily@coevos.com.br

Nascido em João Pessoa, José Joffily é Cineasta e Mestre em Comunicação pela UFRJ. Paralelamente à sua atividade como realizador e produtor, trabalhou durante vinte anos junto ao Departamento de Cinema da Universidade Federal Fluminense. Em 2000, foi presidente da Associação Brasileira de Cineastas. Seu trabalho como diretor inclui os filmes: "Soldado Estrangeiro" (com Pedro Rossi, 2019), "Caminho de Volta" (com Pedro Rossi, 2015), "Mão na Luva" (com Roberto Bomtempo, 2014), "Acerto de Contas" (série, 2013), "Prova de Artista" (2011), "Olhos Azuis" (2010), "A Paixão Segundo Callado" (2009), "Achados e Perdidos" (2007), "Vocação do Poder" (com Eduardo Escorel, 2005), "Dois Perdidos Numa Noite Suja" (2002), "O Chamado de Deus" (2000), "Quem Matou Pixote?" (1996), entre outros títulos. Em 2022, seu documentário “Sinfonia de Um Homem Comum” foi exibido nos festivais É Tudo Verdade (Menção Honrosa e Melhor Montagem) e Hot Docs. 

Os filmes de Joffily vem sendo assistidos regularmente em festivais de cinema, salas do circuito comercial e nas mais variadas plataformas. 

pedro01 pb web.jpg
Pedro Rossi

Diretor

pedro@coevos.com.br

Pedro Rossi foi produtor dos filmes Romance Policial (Jorge Durán, 100', 2015), Ippon (Cavi Borges, 30', 2013) para a ESPN, Noites de Reis (Vinicius Reis, 85', 2012) e Não Se Pode Viver Sem Amor (Jorge Durán, 90', 2010). Dirigiu com José Joffily o documentário Caminho de Volta (75', 2015), que estreou no Festival É Tudo Verdade em 2015. Dirigiu o longa documentário Soldado Estrangeiro (86', 2019), mais uma parceria com José Joffily, que participou da seleção principal dos festivais É Tudo Verdade, DocsMX e Inffinito Film Festival; Dirigiu a série de documentários O Som e O Silêncio (13 episódios, 2018), para o canal Arte 1. Depois da Primavera (84', 2021), dirigido com Isabel Joffily, é seu terceiro longa-metragem documentário como diretor e fotógrafo. O filme estreou no Brasil na competitiva de longas do Panorama Internacional de Cinema e foi exibido na Première Brasil do Festival do Rio 2021. A estreia internacional aconteceu no festival Rencontres de Toulouse de 2021, na França. Em 2022, Rossi lança o longa documentário Rubens Gerchman: O Rei do Mau Gosto, que dirigiu e editou. O filme foi selecionado para a competitiva nacional do festival É Tudo Verdade. Também em 2022, assina a fotografia e roteiro do documentário Sinfonia de Um Homem Comum (José Joffily, 86’, 2022), selecionado para os festivais É Tudo Verdade (Menção Honrosa e Melhor Montagem)e Hot Docs. 7 Cortes de Cabelo no Congo (90’, 2022) é seu mais recente lançamento. O filme foi dirigido em parceria com Luciana Bezerra e Gustavo Melo e terá sua estreia em junho de 2022, no Olhar de Cinema.